quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Custe o que Custar



Desde quando meus olhos encontraram os seus, que minha mente não tira você de lá.
O pior é que nunca trocamos uma só palavra, E eu nem sei o Teu nome.
De onde você vem, o que você faz, ou como é o som da sua voz.
Mas eu não sei porque você com um simples olhar tomou conta do meu coração.
Passo horas pensando em você, tentando imaginar como é o som da sua voz
Como é seu jeito de viver, como seria ter você.
Há anos não me sinto assim, tão presa, tão apaixonada.
E fico a me perguntar ; como pode alguém tão facil se apaixonar ?
Aquela certeza de que um dia, não sei onde, não sei como, mas que um dia vou te encontrar novamente invade o meu coração.E nesse dia eu não vou precisar abaixar minha vista com vergonha... Medo... Ou insegurança...

Nesse dia eu vou sim, poder ouvir sua voz, saber seu nome, seu cheiro, e descobri se isso tudo é verdadeiro.
Tento entender, mas não dá!

Eu vou ter você, custe o que custar !





(Lays Rafaelly)